FacebookTwitterLinkedInRSS FeedPinterest Pin It

CMTC – GSA (Garagem Santo Amaro), Frota e Linhas

Curiosidade
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CMTC foi uma empresa que deixou saudades pra muitos e se tornou a favorita para vários amantes do ônibus. No meu caso, não foi diferente, mas, além da saudade, há ainda outras lembranças,  pois meu pai trabalhou nela durante 14 anos, e por isso eu sempre estava em contato direto com a empresa. Sendo assim, resolvi escrever sobre fatos importantes dessa época, iniciando pela última garagem construída pela empresa, uma vez que também foi a última na qual meu pai trabalhou.

gsa 05

Antiga entrada principal da GSA (Garagem Santo Amaro) da extinta CMTC 

Texto: Juverci de Melo

A GSA – Garagem Santo Amaro da CMTC, situada na zona sul da cidade, na Av. Guido Caloi, 1200 – Guarapiranga, foi inaugurada em 14 de agosto de 1987 e projetada para comportar 500 trólebus. Considerada garagem padrão, com 17.200 m² de área construída e 56.200 m² de área  pavimentada, era dotada de refeitório, posto de saúde, todos os equipamentos para manutenção, reparos, abastecimento e guarda de veículos.

gsa 04

Foram iniciadas as operações da GSA e do corredor Santo Amaro / 9 de julho antes das conclusões das obras.

O projeto original do Secretário de Transportes, Getúlio Hanashiro, no governo Mário Covas (1983 à 1985), previa apenas trólebus para essa garagem, dos mesmos moldes da GBR (Garagem Brás) e GTA (Garagem Tatuapé) para operarem os futuros Terminais Capelinha, João Dias e Santo Amaro e nos corredores Itapecerica, João Dias, Brigadeiro, Santo Amaro e Nove de Julho.

gsa 02

O estacionamento dos veículos no pátio eram feitas por tipos de carrocerias e modelos para facilitar a localização de cada ônibus.

Alguns fatos importantes relacionados à GSA

  • Junho de 1986 o prefeito Jânio cancela o plano de expansão de trólebus. Desse modo, o corredor Santo Amaro / 9 de Julho, projetado para ser operado apenas com trólebus, teve sua operação mista: ônibus a diesel e trólebus.
  • 25 de janeiro de 1987, o prefeito Jânio Quadros, inaugura o Terminal Santo Amaro e o corredor Santo Amaro / 9 de Julho, com apenas 1 km de corredor na Av. São Gabriel, sem os trólebus e com operação mista da CMTC e empresas particulares.
  • Em junho de 1987 as obras do terminal João Dias são paralisadas por irregularidade na contração do serviço.
  • 6 de Julho de 1987, inaugurados mais 5 km do corredor , esse trecho seguindo pela Av. 9 de Julho, ligando a Av. São Gabriel até a Praça da Bandeira.
  • 27 de Julho de 1987, inaugurado o último trecho do corredor, ligando a Av. São Gabriel ao Terminal Santo Amaro, passando pelas avenidas Santo Amaro, Adolfo Pinheiro e Padre José Maria.
  • 14 de agosto de 1987, inaugurada a Garagem Santo Amaro e a operação dos primeiros 28 trólebus no corredor Santo Amaro / 9 de Julho.
  • 22 de setembro de 1987, inicio de operação do Fofão, ônibus de dois andares, na linha 6502 – TERM. STO. AMARO => EXPRESSO BROOKLIN.
  • 10 de Agosto de 1989 as empresas, Viação Bandeirante e Viação Auto Ônibus Santa Cecília foram interditadas pela CMTC e boa parte da frota e das linhas dessas empresas foram para GSA .
  • 9 de fevereiro de 1990, iniciou-se operação de 128 Mafersa M-210 a Diesel, ônibus em diversas cores (Amarelo, Laranja, Verde e Vermelho) que seriam para operar em Curitiba e Espírito Santo.
  • Em 25 de Janeiro de 1992, tem início a operação dos ônibus Articulado pela GSA e mais 10 ônibus Padron Mafersa M-210 turbo.

gsa 11

Traçado original dos corredores João Dias, Santo Amaro e 9 de Julho. 

gsa 12

Cróqui original do corredor com pista central, embarque à direita e área de ultrapassagens.  

As linhas operada pela GSA:

546U – JD. UBIRAJARA => SANTO AMARO
609C – JD. CAIÇARA => PÇA. JULIO PRESTE (antiga 609M/51)
609M – JD. CAIÇARA => PÇA. JULIO PRESTE
609P – JD. PRIMAVERA => PÇA. JULIO PRESTE
637P – TERM. STO. AMARO => PINHEIROS
675L – TERM. STO. AMARO => METRÔ SANTA CRUZ
695C – JD. CASTRO ALVES => METRÔ SANTA CRUZ
756N – JD. NOVO ORIENTE => SOCORRO
765C – JD. APURÁ => CAMPO LIMPO
775C – JD. MARIA SAMPAIO => ESTAÇÃO DA LUZ
775R - PINHEIROS => METRÔ ANA ROSA
775T – METRÔ SANTA CRUZ => PINHEIROS
627R – JD. DAS ROSAS => PINHEIROS
627V – VALO VELHO => PINHEIROS
775C – JD. MARIA SAMPAIO => METRÔ SANTA CRUZ
5111 – TERM. STO. AMARO => PRAÇA DA SÉ
5318 – CHACARÁ SANTANA => ANHANGABAÚ
5322 – JD. DAS ROSAS => ANHANGABAÚ
5323 – CAPÃO REDONDO => ANHANGABAÚ
5324 – JD MITSUTANI => LGO. SÃO FRANCISCO
5325 – JD. FARIA LIMA => LGO. SÃO FRANCISCO
5341 – JD. SÃO FRANCISCO => ANHANGABAÚ
5391 – JD. ÂNGELA => ANHANGABAÚ
5611 – ELDORADO => ANHANGABAÚ
5631 – CIDADE DUTRA => ANHANGABAÚ
6012 – JD. VERA CRUZ => TERM. STO.  AMARO
6032 – JD. ELIANA => TERM. STO . AMARO
6033 – JD. CASTRO ALVES => TERM. STO. AMARO
6034 – PQ. RESIDENCIAL COCAIA => TERM. STO. AMARO
6035 – JD. HORIZONTE AZUL => TERM. STO. AMARO
6247 – JD. MONTE KEMEL => ESTAÇÃO DA LUZ
6250 – JD. JAQUELINE =>PÇA DA BANDEIRA
6253 – PARQUE YPÊ => PÇA. DA BANDEIRA
6441 – JD. INGÁ => PÇA. DA BANDEIRA
6467 – CAPÃO REDONDO => PÇA. DA BANDEIRA
6500 – TERM. STO. AMARO => PÇA. DA BANDEIRA
6501 – TERM. STO. AMARO => EXPRESSO J. NABUCO
6502 – TERM. STO. AMARO => EXPRESSO BROOKLIN
6504 – EXPRESSO STO. AMARO => EXPRESSO 9 DE JULHO
6575 – VILA CALÚ => PÇA. DA BANDEIRA
7017 – JD. HELGA => HOSP. DAS CLINICAS
7040 – PARAISÓPOLIS => PINHEIROS
7043 – JD. UMIRAZAL => PINHEIROS
7044 – PQ. ARARIBA => PINHEIROS
7049 – CAMPO LIMPO => PINHEIROS
7052 – JD. MARIA SAMPAIO => PINHEIROS
7054 – JD. MACEDÔNIA => PINHEIROS
7392 – JD. MARIA SAMPAIO => ESTAÇÃO DA LUZ
7394 – JD. ROSANA => PRAÇA RAMOS
7395 – JD. MACEDÔNIA => ESTAÇÃO DA LUZ

gsa 06

Veículo da Viação Bandeirante encampados pela CMTC e operados pela Garagem Santo Amaro.

gsa 10

Os primeiros 128 Mafersa M-210 a Diesel tinham diversas cores (Amarelo, Laranja, Verde e Vermelho).

Linhas Criadas na GSA:

609C, 609M, 637P, 675L, 5111, 5300, 6033, 6034, 6501, 6502, 6504 e 6575.

Remanejamento das linhas:

Recebidas de outras garagens da CMTC ou empresas particulares:

775T e 6500 <= GTA
609P, 5611, 5631 <= GJA
5322, 5324, 5325 e 5318 <= GLE
546U <= V. U. Zona Sul
756N e 5111 <= V. Tânia T.
695C, 6032, 6033, 6034 <= V. Bola Branca
5341, 5391, 6012, 6035 <= A. V. Jurema
627R, 627V, 775C, 775R, 6247 e 6253 <= V. Bandeirante
6441 e 6467 <= Emp. São Luiz Viação

Transferidas para outras garagens da CMTC ou empresas particulares:

546U, 609P e 675L => GJA
775T => GTA
609C, 609M, 5318, 5323 e 6467 => Consórcio Transdaotro
637P, 5111 (1993), 6032 e 6034 => Consórcio Alfa
695C, 5631 e 6033 = > V. Bola Branca
756N e 5111 (1990) => V. Tânia
765C => V. Paratodos
775C, 6012, 6035, 6575, 7017, 7040, 7044, 7054, 7049, 7392, 7394, 7395 => E. O. São Bento
627R, 627V, 6247, 6250, 6253, 7043 => V. Campo Limpo
5323, 5324 e 5325 => Consórcio Transkuba
5341 e 5391 = > A. V. Jurema
6441 => Emp. São Luiz Viação

gsa 07

Primeira frota de ônibus articulado para zona sul de São Paulo e ao mesmo tempo última frota de veículos 0 km recebida na GSA

Empresas operadoras da GSA após a privatização da CMTC:

TCI – Transporte Coletivo Imperial
Viação Soares Andrade Ltda.
Viação Santo Amaro Ltda.
Viação São Paulo São Pedro Ltda.
Viação Eletrosul Ltda.

gsa 09

Operação do Corredor 9 de Julho no final dos anos 80

Atualmente a GSA foi divida em 4, a maior parte do pátio foi construído um condomínio de casa populares, outra parte considerável deu lugar para a nova avenida Luís Gushiken, sobrando uma pequena parte do pátio e prédio de manutenção alugados para Viação Gatusa e a entrada principal tornou-se prédio administrativo da sede Regional Sul da SPTrans.