All for Joomla The Word of Web Design

ETRABRAS, Mobilidade e Energia (GRUPO ETRA), recebe homologação da SPTrans para Serviço de Gestão de Frota

Empresa especialista em mobilidade urbana, há mais de 30 anos no mercado

Tecnologia
Ferramenta
Tipografia
  • Menor Pequeno Medio Grande Maior
  • Padrao Helvetica Segoe Georgia Times

Os ônibus municipais da capital paulista poderão ter em breve novos sistemas de tecnologia embarcada de acordo com o que propõe a Secretaria de Transportes na nova licitação do sistema, lançada no mês de abril.

São novas soluções de gestão integral da frota com equipamentos diversos incluindo UCP embarcada, Console (tela) para o motorista, Wi-Fi, GPS, videomonitoramento, contadores de passageiro, painel embarcado, entre outros.

O novo sistema vai permitir uma operão mais segura com telas que ficam no painel do motorista pelas quais é possível o condutor estabelecer comunicação com a garagem ou CCO – Centro de Controle Operacional, câmeras de videomonitoramento on line e até botão de emergência.

Os equipamentos vão garantir um serviço de qualidade para o usuário com Informação confiável por vários meios (app, web, painel estações) e Wi-fi gratuito.

Os sistemas contam ainda com acessibilidade para deficientes visuais e auditivos, através de anúncio audiovisual das próximas paradas de uma linha, tal qual como o metrô. O sistema pode ainda indicar pontos de interesse (como museus, hospitais, escolas, etc) e interligações com outros modais (metrô, trem, postos de aluguel de bicicletas, entre outros). Tudo isso oferece também uma maior independência a essas pessoas com deficiência.

Todos os equipamentos exigidos pela nova licitação devem ser integrados e conectados remotamente ao CCO – Centro de Controle Operacional, através de um computador embarcado. O processo de integração dessa UCP com os demais periféricos é o ponto de maior criticidade do edital.

A ETRABRAS, MOBILDADE E ENERGIA LTDA (GRUPO ETRA), empresa especialista em mobilidade urbana, há mais de 30 anos no mercado, possui toda a tecnologia necessária para essa nova realidade, é a primeira empresa que tem seu sistema completo homologado pela SPTrans, condição imprescindível para a oferta da licitação.

Os softwares e hardwares da ETRA, são utilizados em muitos países da Europa e América Latina (em cidades como Recife, no Estado de Pernambuco, Madrid na Espanha, Bogotá na Colômbia e Guadalajara no México); e com essa homoloção da SPTrans, os paulistanos também poderão ser beneficiados com essa tecnologia.

 

GANHOS DA IMPLATAÇÃO DO SISTEMA

Melhoria da qualidade do serviço recebidos pelos usuários

  • Qualidade do serviço: maior regularidade e uma redução dos tempos de espera (pontualidade e regularidade)
  • Acessibilidade à informação por parte do usuário através de página WEB, APP para smartphones, painéis em veículos e paradas...
  • Serviço Wifi de qualidade e de graça para os usuários
  • Maior segurança para as linhas noturnas e ou em região de conflitos.

 

Melhoria do serviço oferecidos pelas Empresas de transporte

  • Incremento da demanda de usuários
  • Melhora da imagem da empresa perante aos usuários

 

Melhoria da gestão da rede

  • Controle da operação em tempo real. Pontualidade e confiabilidade
  • Aperfeiçoamento da gestão da operação: acompanhamento de desvios dos horários reais e regularidade do serviço; cumprimento de níveis de serviço requerido (redução de multas ao concessionário).
  • Otimização de recursos: melhora de produtividade e redução do custo por quilômetro
  • Economia por uma melhor planificação do serviço que possibilitará a otimização de horas de veículo e condutor, e redução do pessoal de fiscalização.
  • Melhor gestão das incidências, tempo de resposta para a restauração da normalidade.
  • Informação do serviço: geração de dados de alta confiabilidade e desagregação à Dados precisos para a atenção de reclamações.
  • Coordenação dos meios auxiliares da operação: carro oficina, veículos auxiliares, pessoal de fiscalização.

 

Redução de custos globais

  • Redução do pessoal necessário para fiscalização (cerca de 60%)
  • Redução de sanções por parte do órgão regulador-supervisor por uma maior confiabilidade da operação (próximo de 70%)
  • Diminuição de fraudes na parte da bilhetagem (cerca de 80%)
  • A vídeo vigilância aumenta o número de passageiros (se sentem mais seguros). (em média 20%)
  • Economia em combustíveis: pelo controle de rotas, otimização dos percursos, eficiência (economia próxima de 30%)
  • Menor custo ambiental (diminução de poluentes do sistema) (cerca de 25%)

 

Sistema holologado, completamente integrado e com protocolos abertos

  • Garantia de sucesso (sistema provado e com garantias técnicas de funcionamento)
  • Permite integrações com futuros sistemas da Prefeitura