BYD Recebe Representantes da Norte Buss Transportes na Planta Industrial, em Campinas

Empresas
Ferramenta
Tipografia
  • Menor Pequeno Medio Grande Maior
  • Padrao Helvetica Segoe Georgia Times

Visita técnica foi promovida pela EDS Consultoria em Transportes, em parceria com o Portal do Ônibus.

nortebuss byd 08

A EDS Consultoria em Transportes e o Portal do Ônibus promoveram uma visita técnica dos administradores e responsáveis das linhas 172P/10 - Vila Zilda / Metrô Belém, 172X/10 - Parque Novo Mundo / Metrô Tatuapé e 1018/10 - Vila Rosa / Metrô Santana, todas operadas pela Norte Buss Transportes – Área 2 Norte à planta industrial da fabricante chinesa de veículos elétricos BYD – Build Your Dream (do inglês “Construa Seu Sonho”), sediada na cidade de Campinas, a 90 km da capital paulista.

nortebuss byd 05

Da esquerda para direita, Davi Costa (172P), Igor Fernandes (Barão Bus), Marcos Guimarães (172X), Ernandes dos Santos (EDS), Ricardo Oliveira (Cofipe/Iveco), José Antunes (172X), Alessandro Martins (172X), Abimael Martins (Gerente da Norte Buss), Miguel Rizzo (Barão Bus), Pedro Gutierre Filho (Norte Buss), Clovis Kitahara (BYD), Pedro Gutierre (1018) e Silvestre Cavalcante (BYD)

O intuito da visita, além de estreitar relações comerciais entre ambas empresas, era de conhecer de perto os ônibus elétricos da marca chinesa. Vale ressaltar que alguns já foram testados em empresas da capital paulista, porém a Norte Buss nunca possuiu um em sua frota. O atual responsável da EDS Consultoria, Ernandes dos Santos, outrora foi gerente de operações e planejamento da TUPI Transportes, empresa adquirida no início de 2019 pela MobiBrasil Transportes e, durante sua gestão, foi uma das empresas da capital que testou veículos da marca. Como “patrono” da visita, Ernandes passou sua experiência vivida durante os testes desse veículo na TUPI, e as vantagens na aquisição desse tipo de veículo.

nortebuss byd 18

Silvestre Cavalcante, gerente nacional de vendas da BYD fez a apresentação dos produtos e sanou todas as dúvidas dos representantes da Norte Buss

Ernandes recomenda, não somente à Norte Buss, mas todas as empresas de transporte de passageiros, a testar e adquirir esse tipo de veículo, tendo em vista que essa é a demanda do presente e a necessidade do futuro. É uma mudança cultural e comercial necessária e sem volta, então conhecer desde já essa tecnologia é primordial. Apesar do seu alto custo, a tração elétrica é uma tecnologia confiável, e o custo operacional é 70% menor em comparação com um ônibus diesel (fazendo com que o investimento inicial seja rapidamente amortizado) e trás benefícios incalculáveis ao meio ambiente. Quantos mais veículos desse tipo no mercado, a tendência é que diminua-se o seu valor de aquisição. E quanto mais veículos desse tipo nas ruas, indiretamente teremos menos pessoas nos hospitais.

nortebuss byd 06

A BYD é uma empresa de matriz chinesa que fabrica todo tipo de veículo de movimentação terrestre, excetuando maquinário agrícola. Sua origem, na China, era como fabricante de baterias elétricas, tendo migrado para a indústria automobilística mais tarde. No Brasil, iniciou suas operações comerciais em 2015. Desde então tem investido em veículos de passeio e transporte, tendo lançado recentemente seu primeiro sedan médio no mercado nacional, o BYD e-5, e seu portfólio conta também com caminhões e outros veículos.

nortebuss byd 07

As peças eletronicas dos ônibus da BYD são Plug & play diminuindo assim o tempo de reparo.

A BYD destaca-se no mercado nacional por possuir tecnologia 100% própria e veículos totalmente movidos a baterias. Não há, em seu portfólio, nada que envolva outras matrizes energéticas.

nortebuss byd 09

BYD possuí baterias que não explodem e tem garantia de 5 anos

Nas apresentações sobre seus produtos, foi dada grande ênfase às baterias e seus bancos de energia voltados ao transporte coletivo. A BYD apresentou suas atuais baterias, compostas por liga de ferro-lítio, conferindo a elas uma vida útil operacional de 15 anos e mais 15 como bateria de backup. Seu descarte também é sustentável, pois 100% da bateria é reciclável. A liga de ferro-lítio é totalmente absorvida pelo meio ambiente em diversas aplicações naturais ou não. Suas composições são cuidadosamente pensadas para serem recicladas após finalizar sua operação-fim.

nortebuss byd 14

Ônibus de 13,2 m encarroçado no chassi BYD D9A do tipo Padron Piso Alto

De forma simples, com base nos dados operacionais fornecidos pela Norte Buss e nos dados técnicos do veículo fornecidos pela BYD, o Portal do Ônibus desenvolveu uma estimativa comparativa dos custos da operação usando como base um veículo diesel da linha 172P (Vila Zilda - Metrô Belém) que opera em média 250 km por dia e realiza 26 operações por mês, senão vejamos:

A) Matriz energética – diariamente, nos veículos movidos à diesel  são necessários 147,05 litros de óleo diesel com o custo de R$ 3,35 por litro, o que resulta num custo de R$ 492,61 por dia ou R$ 12.808,05 por mês. Enquanto que um veículo BYD gastaria, de energia elétrica, para carregar suas baterias aproximadamente 227 kw com o custo de R$ 0,50 por kw, perfazendo um custo de R$ 113,50 por dia ou R$ 2.951,00 por mês.  Portanto, chegamos a uma economia de 77% no custo da matriz energética;

B) Manutenção do veículo – num veículo diesel, na mesma linha, o custo é de R$ 0,31 por km, totalizando R$ 77,05 por dia ou R$ 2.015,00 por mês. Por sua vez, o veículo elétrico da BYD o custo cairia para R$ 0,09 por km, totalizando, R$ 22,05 por dia ou R$ 585,00 por mês. Assim, podemos constatar uma economia de 71% no custo de manutenção e mais, a vantagem da pouca manutenção preventiva do motor, porquanto não possuir motor a combustão, caixa de mudança de velocidade, eixo cardan, lubrificantes e demais peças comuns aos veículos à diesel, sendo que no ônibus BYD há dois motores elétricos separados com potência total de 410 CV (205 CV, cada), e acoplados às rodas traseiras. Por fim, a troca de pastilhas de freio é feita a cada 105.000 km, enquanto que nos veículos diesel isso ocorre com 30.000 km. Já a troca de rolamentos dos motores é feita a cada 150.000 km no veículo elétrico;

C) Política de Sustentabilidade - tendo em vista que o veículo BYD dispensa a utilização de óleos sintéticos e minerais para motores, e tem sistemas de regeneração de energia por meio da movimentação de seus motores e de força cinética, conferindo ao veículo autonomia em média de 250 km e recarga completa em até 4 horas, diminuindo drasticamente o impacto socioambiental;

D) Durabilidade do veículo – com o menor desgaste do veículo elétrico, a própria SPTrans (São Paulo Transporte), autoriza que o veículo elétrico opere por 15 anos, enquanto que, o veículo à diesel limita-se há 10 anos. Portanto, quem utiliza veículo elétrico tem um ganho real de 50% de operação do veículo, prorrogando o tempo de renovação da frota.

nortebuss byd 15

Ônibus de 13,2m equipado com chassi BYD D9W do tipo Padron Low-Entry

Esperamos que iniciativas como essas da Norte Buss se tornem modus operantis em empresas de ônibus da capital, e que empresas como a BYD perpetuem-se no mercado de transportes coletivos. O Portal do Ônibus apoia e incentiva toda e qualquer iniciativa para criar e disseminar tecnologias que tornem nosso mundo melhor. Esperamos também que veículos da BYD se tornem frequentes nas ruas, ajudando assim a proteger e preservar nosso meio ambiente e a dar as próximas gerações um futuro independente de matrizes energéticas nocivas.

Veja Mais Fotos:

nortebuss byd 12

Motorista da linha 172X, Marcos Guimarães

nortebuss byd 10

Pedro Gutierre (Filho) conselheiro deliberativo da Norte Buss

nortebuss byd 13

Davi Costa coordenador da linha 172P

nortebuss byd 11

Top Drive da Iveco Ricardo Oliveira

nortebuss byd 19

nortebuss byd 20

nortebuss byd 17

nortebuss byd 16